Notícias » Tecnologia

 

Últimas notícias

  • Carreta com 30 toneladas de lixo pega fogo em Marília

    Continuar lendo
  • USP começa aulas e cria aplicativo contra trotes violentos

    Continuar lendo
  • Touro escapa de arena e provoca correria em rodeio de Lins

    Continuar lendo
  • Acidente entre três caminhões deixa motorista morto na Rodovia Rachid Rayes

    Continuar lendo
  • Produtores rurais de Itápolis apostam em estufas para otimizar safra

    Continuar lendo
  • PM morre baleado com tiro de fuzil em perseguição a suspeitos em Dois Córregos

    Continuar lendo
  • Encapuzados rendem família e assaltam casa no Jardim Itauera

    Continuar lendo
  • Homem é morto a tiros em suposto acerto de contas em Ribeirão Preto

    Continuar lendo
  • 'Juramento representa minoria', diz aluna de medicina sobre trote de teor machista em Franca

    Continuar lendo
  • Com alta demanda, produção de etanol hidratado sobe 43,3% no Centro-Sul, aponta Unica

    Continuar lendo

Facebook cria botão de doações para combate ao ebola

A rede social Facebook lançou uma campanha para incentivar os usuários a fazerem doações para o combate ao ebola.
 
Os usuários têm agora a opção de doar diretamente para instituições de combate ao vírus por meio de um botão no topo de seu feed de notícias.
 
“Acreditamos que devemos nos unir para fazer o bem, portanto, fizemos parcerias com organizações que estão combatendo o Ebola”, afirma a rede social em uma página especial sobre a campanha.
 
Pela rede social, é possível fazer doações para três instituições de caridade: a International Medical Corps; a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho; e a Save the Children.
 
Pela rede social, é possível fazer doações para três instituições de caridade: a International Medical Corps; a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho; e a Save the Children.
 
A rede social também informou que está doando 100 terminais para prover internet para ajuda humanitária nas áreas atingidas pelo ebola, como Guiné, Libéria e Serra Leoa.
 
O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, disse em outubro que ele e sua mulher doariam US$ 25 milhões para a Fundação Centro de Controle de Doenças para combater o vírus.
 
O surto da doença resultou em aproximadamente 5 mil mortes na África Ocidental e nove casos tratados nos Estados Unidos desde agosto.
 
Com informações da Reuters
 
Terra
© ....:: RÁDIO FM 104 ITÁPOLIS ::.... É só sucesso!!!
BRLOGIC