Notícias » Tecnologia

 

Últimas notícias

  • DIG prende ex-funcionário e mais 3 por mega-assalto no Extra, em Araraquara

    Continuar lendo
  • Caminhoneiros voltam a protestar contra alta no diesel na região

    Continuar lendo
  • Concursos têm mais de 20 mil vagas com salários de até R$ 26 mil

    Continuar lendo
  • Bruna Marquezine dá trabalho nos bastidores da novela Deus Salve o Rei

    Continuar lendo
  • EUA elevam nível de erupção de vulcão no Havaí para alerta vermelho

    Continuar lendo
  • Caminhão carregado com queijo tomba em Sertãozinho

    Continuar lendo
  • Polícia Militar encontra cobra dentro de viatura em Ribeirão Preto

    Continuar lendo
  • Acidente envolvendo ônibus do cantor Michel Teló deixa um ferido

    Continuar lendo
  • Travesti é arrastada por carro e roubada após consulta por programa em Rio Preto

    Continuar lendo
  • Homem é preso ao tentar incendiar a casa da mãe por duas vezes em Araraquara

    Continuar lendo

Facebook, Microsoft, Twitter e YouTube criam fórum mundial contra o terrorismo

face

Facebook, Microsoft, Twitter e YouTube (Google/Alphabet) criaram um “Fórum Mundial da Internet contra o Terrorismo”, em um novo passo destes gigantes das redes sociais para combater o conteúdo jihadista.

Os quatro grupos já haviam anunciado, em dezembro, uma aliança global para combater o conteúdo de caráter terrorista, incluindo a criação de uma base de dados compartilhada.

De acordo com estas empresas, “ao trabalhar juntos, compartilhando as melhores ferramentas tecnológicas e de organização, podemos ter um maior impacto contra a ameaça que representam os conteúdos terroristas online”.

Esta nova estrutura prevê colaborações com grupos da sociedade civil, instituições acadêmicas, governos e organizações como União Europeia e Nações Unidas.

As ações do Fórum se concentrarão em soluções tecnológicas para melhorar a forma de se buscar e eliminar, de maneira automática, os conteúdos não desejados, e está informação será compartilhada entre todas as empresas.

Estados Unidos, Comissão Europeia e outros governos têm apelado por uma intensificação nas redes sociais da luta contra a propaganda jihadista.

© ....:: RÁDIO FM 104 ITÁPOLIS ::.... É só sucesso!!!
BRLOGIC