Notícias » Tecnologia

 

Últimas notícias

  • Peste bubônica: o que se sabe sobre caso suspeito no Rio e por que doença assusta tanto

    Continuar lendo
  • Bolsonaro e ex-deputados já podem se aposentar com R$ 33 mil

    Continuar lendo
  • Mulher morre e 2 ficam feridos em colisão com motorista suspeito de embriaguez em Brodowski

    Continuar lendo
  • Dois morrem afogados no Rio Tietê

    Continuar lendo
  • Mulher e adolescente de 13 anos morrem em capotamento em Cafelândia

    Continuar lendo
  • Mãe e filha morrem atingidas por raio enquanto colhiam frutas em SP

    Continuar lendo
  • Hyundai Elevate é o conceito futurista de carro com pernas

    Continuar lendo
  • Policiais militares salvam bebê de 3 meses engasgada em Matão

    Continuar lendo
  • Mulher cai em golpe e perde mais de R$ 2 mil em Araraquara

    Continuar lendo
  • Corpo de homem de 26 anos é encontrado em represa da região

    Continuar lendo

Disney terá sua própria plataforma de streaming, para concorrer com a Netflix

disn

A supremacia da Netflix entre as plataformas de conteúdo em streaming pode diminuir consideravelmente nos próximos anos. Isso porque a Disney anunciou nesta terça-feira que irá criar um serviço semelhante para oferecer seus filmes e desenhos, a partir de 2019 nos Estados Unidos – e, possivelmente, em outros lugares do mundo um pouco depois.

Atualmente, muito do catálogo da Disney está disponível na Netflix, incluindo a saga ‘Star Wars’ e as parcerias com a Marvel, mas o cenário deve mudar no futuro. Filmes como ‘Toy Story 4’, ‘Frozen 2’ e a versão live-action de ‘Rei Leão’, que estrearão nos cinemas a partir de 2019, já irão logo em seguida para este serviço.

Em comunicado oficial, o estúdio do Mickey revelou que a nova plataforma será “a casa exclusiva para vídeo sob demanda por assinatura dos novos filmes e animações da Disney e da Pixar”, contando também com “filmes originais, programas de TV, conteúdos mais curtos e outras exclusividades com a marca Disney”.

O anúncio da Disney já fez as ações da Netflix sofrerem uma queda de 3% no mercado. A empresa deve contra-atacar com mais investimento em produções originais, para garantir a fidelidade de seus assinantes. (YAhoo)

© ....:: RÁDIO FM 104 ITÁPOLIS ::.... É só sucesso!!!
BRLOGIC