Notícias » Brasil

 

Últimas notícias

  • Segundo sol: Luzia descobre que seu filho com Beto não morreu

    Continuar lendo
  • Segundo Sol: Remy agarra Luzia e Ícaro salva a mãe de ser estuprada

    Continuar lendo
  • Jovem morre ao bater cabeça contra mureta em jogo de futebol em Santa Lúcia

    Continuar lendo
  • Após tentativa de roubo, assaltante é arrastado por ônibus em São Carlos

    Continuar lendo
  • Viatura com 8 presos bate em caminhão e interdita rodovia em Sertãozinho

    Continuar lendo
  • Homem morre e PM é ferido em troca de tiros em favela de Ribeirão Preto

    Continuar lendo
  • Mulher encontrada morta 12 dias após desaparecer em Jaú foi enforcada por suspeito

    Continuar lendo
  • Com cerca de 33% de sua capacidade total, Lago de Furnas tem queda pelo segundo ano consecutivo no mês de julho

    Continuar lendo
  • Justiça ouve depoimentos de policiais militares acusados de espancar e matar Luana em Ribeirão Preto

    Continuar lendo
  • Mulher mantida presa por marido em casa é libertada após filho entregar carta com pedido de socorro

    Continuar lendo

Camila Pitanga questiona igualdade para negros no Brasil

camila

Envolvida em ações sobre violência contra a população negra, Camila Pitanga expôs sua opinião sobre o assunto em um artigo para a revista "Cosmopolitan". "Quando eu digo que a vida negra importa, não relativizo a vida dos brancos. Pelo contrário, estou convocando você à luta. Lembrando a você, irmão e irmã, o óbvio: que a vida do negro também importa e que estamos abandonados. Estou gritando por uma união que representa 'socorro' em um país onde todo jovem negro parece ter um alvo na testa", falou a atriz, defensora do movimento feminista brasileiro .

Atriz questiona igualdade para negros no Brasil
Camila, que mudou com a chegada dos 40 anos, apontou também as dificuldades enfrentadas pelos negros no país. "E se continuarmos nos calando, se não gritarmos que essas vidas importam, seguiremos enterrando nossos filhos. Negros excluídos em lugares sem o básico para sobreviver. A única mão que o Estado brasileiro estendeu à população negra, até o momento, é a que nos açoita. No meu país a cor da pele determina quem tem três vezes mais chance de ser assassinado. Que igualdade é essa? Ser brasileiro é exaustivo para todos nós. Ser brasileiro e negro é quase insustentável!", afirmou a artista, destaque na cerimônia do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2017.

Camila comentou ainda o assassinato da vereadora Marielle Franco, do PSOL do Rio de Janeiro, morta a tiros dentro de um carro na Rua Joaquim Palhares, no bairro do Estácio, Região Central da capital fluminense. "Marielle Franco alertou, foi ouvida e, por ser tão ouvida, foi morta; mas jamais silenciada. Marielle, presente. Camila, presente. Todas as vidas negras, presentes", disse. Recentemente, Tais Araújo, uma das atrizes mais engajadas socialmente, contou como se sentiu com a notícia da morte da carioca, que se apresentava como "mulher, negra, mãe e cria da favela da Maré": "Acompanhava seu trabalho pelas redes sociais, falava com sua equipe. Foi um golpe duro, despudorado. Espero que a comoção seja apenas a semente para um país melhor no futuro". (Terra)

© ....:: RÁDIO FM 104 ITÁPOLIS ::.... É só sucesso!!!
BRLOGIC