Notícias » Notícias Região

 

Últimas notícias

  • RIBEIRÃO PRETO: Mulher acusada de agredir filha de 2 anos paga fiança e deixa cadeia

    Continuar lendo
  • Colisão termina com carro em córrego e uma pessoa ferida em Araraquara

    Continuar lendo
  • Bebê morre em acidente causado por motorista bêbado na SP-333

    Continuar lendo
  • Jovem morre afogado em prainha do Tietê

    Continuar lendo
  • Homem morre eletrocutado enquanto testava caminhão guincho em Borborema

    Continuar lendo
  • Morre uma das vítimas de acidente com caminhonete que capotou na SP-294 em Tupã

    Continuar lendo
  • Ex-prefeito de Borborema é esfaqueado por funcionário durante discussão

    Continuar lendo
  • Três jovens de Borborema morrem em grave acidente quando voltavam de festa

    Continuar lendo
  • Dupla armada assalta mercado e faz cliente refém em Borborema

    Continuar lendo
  • Congresso aprova aumento para STF

    Continuar lendo

Caminhão é apedrejado ao tentar passar por rodovia da região

Segundo a Polícia Rodoviária, este já é o segundo ataque em menos de dois dias. Na terça-feira, outro veículo foi apedrejado em Herculândia (SP). Motoristas que querem sair dos pontos de concentração relatam ameaças.

apedrejado

Um caminhoneiro teve o veículo apedrejado ao tentar passar pela rodovia Marechal Rondon em Agudos na manhã desta quarta-feira (30). Segundo o dono da transportadora responsável pelo veículo, o caminhão transportava alimentos para uma fábrica de refrigerantes em Bauru e o ajudante do motorista ficou ferido.

A Polícia Rodoviária afirmou estar sabendo do caso mas, ainda não foi registrado boletim de ocorrência.

Este não é o primeiro caso de agressões contra caminhoneiros na região. Nesta terça-feira, outro caminhão que transportava leite foi apedrejado na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294) perto de Herculândia (SP).

Caminhoneiros que querem sair dos pontos de concentração relatam ameaças. O dono de uma transportadora de Bauru diz que tem 12 caminhões retidos nesses bloqueios.

“Se você parar em um bloqueio desse, oito de cada dez desses caminhoneiros não estão lá por livre e espontânea vontade. Qual vai ser o desfecho disso?”, pergunta o empresário Elisberto Salmistraro.

O Governo Federal está investigando denúncia de que movimentos políticos se infiltraram na greve dos caminhoneiros e impedem a volta ao trabalho.

Apesar das denúncias e dos casos de agressão, os protestos continuam nas cidades da região.

No Centro-Oeste Paulista, são 8 cidades com manifestações e 10 pontos de concentração nas rodovias. Na região também, pelo menos 30 cidades decretaram estado de emergência pela falta de combustível.

Confira os pontos de concentração nas rodovias da região:

Itápolis
Protesto começou na manhã de sexta-feira e continua até esta quarta-feira (30) no quilômetro 19 da rodovia Prof. Maurício Antunes Ferraz (SP-317).

Ibitinga
Manifestação reúne caminhonneiros no quilômetro 51 da rodovia Deputado Vitor Maida (SP-331), que liga Ibitinga a Tabatinga.

Pederneiras
Manifestantes se concentram no quilômetro 220 da rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-255), no sentido Jaú-Pederneiras.

Agudos
Protesto no quilômetro 317 da rodovia Marechal Rondon (SP-300). Veículos de passeio, caminhões com carga viva e remédios estão sendo liberados.Igaraçu do Tietê

Caminhoneiros estão em um posto de combustível no quilômetro 180 da rodovia Otávio Pacheco de Almeida Prado (SP-255).

Torrinha
Segundo a Polícia Rodoviária são três trechos na cidade. Os caminhoneiros estão reunidos no quilômetro 19 da Rodovia Américo Piva (SP-197) e em dois pontos da SP-304.

Lins
Caminhões estão parados no pátio de um posto de combustível na rodovia Marechal Rondon (SP-300), próximo ao quilômetro 439. (G1)

© ....:: RÁDIO FM 104 ITÁPOLIS ::.... É só sucesso!!!
BRLOGIC