Notícias » Notícias Policias

 

Últimas notícias

  • Carreta com 30 toneladas de lixo pega fogo em Marília

    Continuar lendo
  • USP começa aulas e cria aplicativo contra trotes violentos

    Continuar lendo
  • Touro escapa de arena e provoca correria em rodeio de Lins

    Continuar lendo
  • Acidente entre três caminhões deixa motorista morto na Rodovia Rachid Rayes

    Continuar lendo
  • Produtores rurais de Itápolis apostam em estufas para otimizar safra

    Continuar lendo
  • PM morre baleado com tiro de fuzil em perseguição a suspeitos em Dois Córregos

    Continuar lendo
  • Encapuzados rendem família e assaltam casa no Jardim Itauera

    Continuar lendo
  • Homem é morto a tiros em suposto acerto de contas em Ribeirão Preto

    Continuar lendo
  • 'Juramento representa minoria', diz aluna de medicina sobre trote de teor machista em Franca

    Continuar lendo
  • Com alta demanda, produção de etanol hidratado sobe 43,3% no Centro-Sul, aponta Unica

    Continuar lendo

Mulher que matou vizinha a facadas em Bauru tem prisão convertida em domiciliar

vizinha

A mulher de 35 anos que foi presa em flagrante após esfaquear a vizinha, de 69, em Bauru passou por audiência de custódia nesta terça-feira (2) e teve a prisão preventiva decretada, mas a Justiça decidiu substituí-la por prisão domiciliar.

De acordo com a defesa de Elisângela de Castro, ela tem uma filha de 10 anos que depende dos cuidados dela e por isso houve essa substituição na prisão preventiva. A defesa informou ainda que vai se inteirar dos autos do processo e por enquanto não vai se manifestar.

O corpo da vítima, Justina Coelho Lopes, foi velado e enterrado nesta manhã. Segundo informações da polícia, Justina e Elisângela discutiram e agressora voltou para casa, pegou uma faca e esfaqueou a vizinha.

Justina chegou a ser socorrida por moradores e levada ao Pronto-Socorro Central, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo a Polícia Militar, a agressora, que mora ao lado da vítima na Rua Áurea Maldonado Gândara, na Vila Zillo, tentou fugir, mas foi presa em flagrante pela Polícia Militar.

À polícia, Elisângela disse que “perdeu a cabeça”, pegou uma faca e deu vários golpes na vizinha. As duas tinham um histórico de desavenças.

Segundo a Polícia Civil, este não foi o primeiro boletim de ocorrência registrado tendo como partes as duas mulheres. A vítima já havia registrado pelo menos 10 de boletins de ocorrência alegando ameaças e perturbação.

No último episódio de confronto entre as mulheres, o advogado de Elisângela disse que Justina Coelho tinha movido uma ação contra sua cliente por danos morais, na qual ela foi condenada a pagar R$ 7 mil de indenização. (G1)

© ....:: RÁDIO FM 104 ITÁPOLIS ::.... É só sucesso!!!
BRLOGIC