Notícias » Notícias Policias

 

Últimas notícias

  • Alunos encontram pichação racista em banheiro da Unaerp

    Continuar lendo
  • Homem é assassinado a pauladas em São Carlos e adolescente de 16 anos é suspeito do crime

    Continuar lendo
  • Cachorro agredido a pedradas em Gália tem fratura no fêmur e passará por cirurgia

    Continuar lendo
  • Tribunal de Contas encontra até cobra no meio de brinquedos durante fiscalização em creches na região

    Continuar lendo
  • Em Lins, suspeito que sofreu acidente após furtar carro diz que aprendeu 'ofício' na internet

    Continuar lendo
  • Crânio aparece em veículo nas proximidades de cemitério de Araraquara

    Continuar lendo
  • Almir Sater se apresenta em Ribeirão Preto no próximo dia 26/10

    Continuar lendo
  • Detran.SP lista dez dicas para a hora de vender ou comprar um veículo

    Continuar lendo
  • Palavra Cantada apresenta show em Ribeirão Preto

    Continuar lendo
  • Latam anuncia investimento milionário e contratação de 150 pessoas em São Carlos

    Continuar lendo

Mestre de capoeira é morto com facadas após discussão política na Bahia

facada

O mestre de capoeira Romualdo Rosário da Costa, 63 anos, foi morto a facadas na madrugada desta segunda-feira (8) após uma discussão política em Salvador (BA).

Conhecido como Moa do Katendê, ele estava em um bar no bairro do Engenho Velho da Federação, periferia de Salvador, quando discutiu com outro homem sobre a eleição presidencial.O capoeirista defendeu o voto em Fernando Haddad (PT) enquanto o agressor defendia o apoio a Jair Bolsonaro (PSL). Ambos disputarão o segundo turno.

A discussão terminou com Katendê sendo atingido por 12 golpes de faca. Ele morreu no local.

O irmão de Katendê, Germinio do Amor Divino Pereira, 51, também foi atingido por uma facada no braço direito, mas foi socorrido no Hospital Geral do Estado e passa bem.

A Polícia Militar foi acionada e o suspeito do crime foi preso em uma casa do bairro após tentativa de fuga. Com um corte no dedo, ele recebeu atendimento médico e, na sequência, foi detido no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Além de capoeirista, Moa do Katendê era compositor, dançarino, percussionista, artesão e militante do movimento negro na Bahia.Foi um dos compositores do Ilê Aiyê, maior dos blocos afro da Bahia, e também foi um dos fundadores dos afoxés Badauê e Amigos do Katendê.Em redes sociais na internet, amigos do mestre de capoeira lamentaram seu assassinato e cobraram por justiça. (Folhapress)

© ....:: RÁDIO FM 104 ITÁPOLIS ::.... É só sucesso!!!
BRLOGIC