Notícias » Notícias Policias

 

Últimas notícias

  • Caminhão carregado com óleo lubrificante tomba e pega fogo na Rodovia Francisco Rodrigues Duarte

    Continuar lendo
  • Epidemia de dengue em Bauru registra mais de 18 mil casos, aponta Secretaria de Saúde

    Continuar lendo
  • Governo publica novo decreto sobre armas; civis não podem adquirir fuzis

    Continuar lendo
  • Homem assassina ex-namorada, invade igreja e mata mais três em MG

    Continuar lendo
  • Luzes misteriosas chegam à Terra continuamente

    Continuar lendo
  • Áreas da Amazônia que deveriam ter desmatamento zero perdem equivalente a 6 cidades de SP em três décadas

    Continuar lendo
  • Talude de mina pode se romper a qualquer momento e Vale está em alerta máximo em Barão de Cocais

    Continuar lendo
  • Comerciante é executado a tiros ao chegar em casa em Porto Ferreira

    Continuar lendo
  • Polícia dá prazo de 3 dias para que represa na fazenda de Gusttavo Lima seja esvaziada

    Continuar lendo
  • Menino de 10 anos é flagrado dirigindo carro furtado pela 3ª vez em Botucatu

    Continuar lendo

Mestre de capoeira é morto com facadas após discussão política na Bahia

facada

O mestre de capoeira Romualdo Rosário da Costa, 63 anos, foi morto a facadas na madrugada desta segunda-feira (8) após uma discussão política em Salvador (BA).

Conhecido como Moa do Katendê, ele estava em um bar no bairro do Engenho Velho da Federação, periferia de Salvador, quando discutiu com outro homem sobre a eleição presidencial.O capoeirista defendeu o voto em Fernando Haddad (PT) enquanto o agressor defendia o apoio a Jair Bolsonaro (PSL). Ambos disputarão o segundo turno.

A discussão terminou com Katendê sendo atingido por 12 golpes de faca. Ele morreu no local.

O irmão de Katendê, Germinio do Amor Divino Pereira, 51, também foi atingido por uma facada no braço direito, mas foi socorrido no Hospital Geral do Estado e passa bem.

A Polícia Militar foi acionada e o suspeito do crime foi preso em uma casa do bairro após tentativa de fuga. Com um corte no dedo, ele recebeu atendimento médico e, na sequência, foi detido no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Além de capoeirista, Moa do Katendê era compositor, dançarino, percussionista, artesão e militante do movimento negro na Bahia.Foi um dos compositores do Ilê Aiyê, maior dos blocos afro da Bahia, e também foi um dos fundadores dos afoxés Badauê e Amigos do Katendê.Em redes sociais na internet, amigos do mestre de capoeira lamentaram seu assassinato e cobraram por justiça. (Folhapress)

© ....:: RÁDIO FM 104 ITÁPOLIS ::.... É só sucesso!!!
BRLOGIC