Segunda-feira (10) começa vacinação de pessoas com comorbidades
07/05/2021 14:13 em Ciência e Saúde
A partir da próxima segunda-feira (10/05) será iniciada a vacinação das pessoas que tem comorbidades, conforme definição do Ministério da Saúde e será dado sequência na aplicação do imunizante para idosos acima de 60 anos. Faça seu cadastro em uma das Unidades Básicas de Saúde, das 8h às 14h, apresentando os seguintes documentos :

RG e CPF (original e cópia)
Cartão SUS (original e cópia)
Comprovante de residência (original e cópia)
Relatório Médico descrevendo a doença e confirmando que o paciente está apto a receber a vacina
Contato telefônico, por meio do qual o paciente será comunicado sobre o dia da vacinação

Relação de comorbidades definidas pelo Ministério da Saúde
10 de maio

Síndrome de Down (18 a 59 anos)
Pacientes renais em diálise(18 a 59 anos)
Transplantados imunossuprimidos (18 a 59 anos)

11 de maio

Pessoas com Deficiência Permanente-BPC (55 a 59 anos)
Apresentar o comprovante do recebimento do Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC).
Grávidas e Puérperas com comorbidades (acima de 18 anos)
As grávidas em qualquer período gestacional, além do laudo comprovando a comorbidade, deverão apresentar o comprovante de acompanhamento e/ou pré-natal ou laudo médico. As puérperas, ou seja, as mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias podem utilizar a declaração de nascimento da criança.

12 de maio
Pessoas com comorbidades (55 a 59 anos)
Doenças Cardiovasculares
 Insuficiência cardíaca (IC)
Cor-pulmonale (alteração no ventrículo direito) e Hipertensão pulmonar
Cardiopatia hipertensiva
Síndromes coronarianas
Valvopatias
Miocardiopatias e Pericardiopatias
Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
Arritmias cardíacas
Cardiopatias congênitas no adulto
Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
Diabetes mellitus
Pneumopatias crônicas graves
Hipertensão arterial resistente (HAR)
Hipertensão arterial – estágio 3
Hipertensão arterial – estágios 1 e 2 com lesão e órgão-alvo e/ou comorbidade
Doença Cerebrovascular
Doença renal crônica
Imunossuprimidos (transplantados; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas em uso de corticoides; pessoas com câncer).
Anemia falciforme e talassemia maior (hemoglobinopatias graves)
Obesidade mórbida (IMC acima e 40)
Cirrose hepática

Fonte: Prefeitura de Itápolis

 
 
COMENTÁRIOS